paltinum-02.jpg
Thermocouple-01.jpg

A Sensor Technology é uma das principais fornecedoras de materiais para produção de sensores de temperatura que utilizam termopares de metal nobre.

Nossa equipe técnica está à disposição para apoiar nossos clientes com especificações de fios e tipos de termopares de acordo com a necessidade de cada aplicação.

Além dos diâmetros de fio mais utilizados no mercado, fornecemos também outros diâmetros sob demanda, tornando o fio  o mais adequado possível  para cada aplicação.

Sensores de termopar

Os sensores de temperatura do tipo termopar consistem em dois fios diferentes (metais e / ou ligas diferentes) que, unidos por de suas extremidades, produzem uma tensão elétrica. Essa tensão elétrica relaciona-se diretamente com a temperatura, ou seja, a cada variação de temperatura na junção de uma das extremidades, a tensão elétrica apresentará uma variação proporcional, possibilitando assim a sua medição.

Para que haja tensão elétrica e, portanto, medição, a união de dois metais de propriedades conhecidas deve ocorrer da seguinte maneira:

Uma das extremidades de ambos os fios é inserida no ambiente a ser medido (junção de medição ou “junta quente”), enquanto as outras duas extremidades são inseridas em um ambiente com uma temperatura conhecida e controlada (junção de referência ou “junta fria”).

safina-04.jpg
safina-05.jpg

Os termopares são divididos em dois grupos:

- Termopares Básicos (T,J,E,K): São assim chamados os termopares de maior uso geral na indústria, pois os fios são de custo relativamente baixo e sua aplicação admite um limite de erro maior.


- Termopares Nobres (S,R,B): São aqueles em que os pares dos fios são constituídos por um par de fios de metais nobres como platina e ródio. Têm custo elevado e exigem instrumentos receptores de alta sensibilidade, porém apresentam uma altíssima precisão, em função da homogeneidade e da pureza dos fios.


A Sensor Technology é especializada nas soluções para Termopares Nobres, sendo capaz de fornecer produtos com as mais diversas aplicações e especificações. 

Tipos de termopares e suas características

TIPO S
 

Liga: (+) Platina 90% Ródio 10% / (-) Platina 100%
Características:


• Faixa de temperatura: 0 °C a 1480 °C.
• Força eletromotriz (FEM) produzida: 0 a 15.336mV.
• Potência termelétrica média: 1,04mV / 100 °C.

Aplicação: atmosferas oxidantes ou inertes. Não indicado para aplicações a vácuo e ambientes com vapores metálicos. Também é usado como padrão na calibração de outros termopares.

TIPO R

- Liga: ( + ) Platina 87% Ródio 13% / ( - ) Platina 100% 

Características: 


• Faixa de utilização: 0 a 1480 °C.
• Força Eletromotriz (FEM) produzida: 0 a 17,163mV.
• Potência termoelétrica média: 1,16mV/100 °C.


Aplicação: Atmosferas oxidantes ou inertes. Não indicadas para aplicações no vácuo e atmosferas com vapores metálicos.

TIPO B

- Liga: ( + ) Platina 70% Ródio 30% / ( - ) Platina 94% Ródio 6% 


Características: 


• Faixa de utilização: 870 a 1705 °C.
• Força Eletromotriz (FEM) produzida: 3,708 a 12,485mV.
• Potência termoelétrica média: 1,05mV/100 °C.


Aplicação: Atmosferas oxidantes ou inertes. Não indicadas para aplicações no vácuo e atmosferas com vapores metálicos.  Tipo de termopar mais estável e robusto que os tipos “S” e “R” a temperaturas elevadas.

Dados técnicos

Dados técnicos
 

Fornecemos também fios de termopar de acordo com a tabela da Escala Prática Internacional de Temperatura de 1990 (IPTS 90).