cooper.jpg
Copper-products.jpg

Os sensores de temperatura de cobre são geralmente usados em aplicações industriais menos críticas porque não são tão precisos quanto os sensores de platina, mas suas vantagens são o baixo custo e a linearidade.

Sensor de temperatura de cobre 10Ω à 25°C

O cobre é considerado um material que não resiste bem em atmosferas oxidantes. Devido à sua baixa resistência, um longo período de exposição pode diminuir a precisão de leitura em atmosferas oxidantes. Por outro lado, é comumente utilizado em muitas aplicações livres de atmosferas oxidantes.

Normalmente são fabricados com algum material isolante do núcleo tais como; cerâmica, resina epóxi com fibra de vidro, mica etc.

O encapsulamento externo também pode ser em PTFE (Teflon), resina epóxi com fibra de vidro, encapsulamento de metal ou outro material que possa ser especificado, considerando, sempre, a temperatura de trabalho da aplicação.

Os sensores de cobre foram desenvolvidos e determinados para apresentar uma resistência de 10Ω a 25 °C e atender a um coeficiente de temperatura α = 0.00427 Ohms / Ohms / °C.

A classe de tolerância do sensor de cobre mais comumente utilizada é de ± 0.2%.

Aplicações de -190 à 260°C

As aplicações dos elementos em cobre podem ser diversas, embora seja comumente utilizado para determinar a temperatura de operação em enrolamentos de estatores de motores e geradores.